domingo, 7 de fevereiro de 2010

Tremido um acordo entre a U.E. e os E.U.A. sobre dados bancários

Segundo Rui Tavares, deputado europeu, membro da Comissão das Liberdades Civis e de Justiça do Parlamento Europeu, o Parlamento Europeu poderá, muito provavelmente, bloquear na próxima semana um acordo entre a União Europeia e os Estados Unidos da América sobre a transferência de dados bancários.
A polémica traduz-se no acesso às informações da reserva inter-bancária Swift, situada na Bélgica. Esta sociedade gere os fluxos financeiros de cerca de 8000 estabelecimentos bancários. Washington deseja, por seu lado, continuar a aceder a esses dados com o objectivo de lutar contra o terrorismo.

Fonte: RFI

3 comentários:

Fada do bosque disse...

Olá Maria Josefa :)
Ou é de mim, ou a seguir a esta crise criada pelos financeiros americanos e não só, vem a ruptura... não é que não mereçam e embora eu pouco perceba do assunto, os americanos usam a desculpa do terrorismo para tudo! Continuação das políticas de Bush e de seu poderroso e temível pai. Já Obama se recusou a vir à cimeira da UE... está mais virado para a China... ou Índia... ou onde haja petróleo e econonmia crescente, o que não é o caso da Europa.

Um beijinho. :)

Maria Josefa Paias disse...

Olá Fada Helena,

Talvez Obama só esteja a poupar no combustível do avião presidencial :))
Em Novembro há uma cimeira da Nato em Lisboa onde poderá pôr a conversa em dia com os países deste lado do Atlântico. A não ser que resolva poupar no combustível outra vez :))
Por aqui, no que respeita à Economia, estes últimos meses têm seguido a passo de caracol e até nós gostaríamos que a China e a Índia nos comprassem "qualquer coisinha".
Beijinhos.:)

Fada do Bosque disse...

UI UI Maria Josefa, que ainda lhes falta outra vez o combustível!! :)
Se podíamos viver sem os americanos? podíamos, mas não era a mesma coisa. :))
É que à espera morreu a preguiça com os pés na água... e a ser assim, quando quisermos que a China, a Ásia digamos, nos compre qualquer coisinha... já compram aos americanos... :)))
Mas olhe que para muitos a economia cá, vai de vento em popa! :) questão de perspectiva! :)
Um beijinho grande! Maria Josefa e adorei a sua resposta. :)))))